Existem metadados em todos os campos da informação, já que metadados são informações adicionais ou complementares de algo.

Por exemplo, em um escritório os metadados podem serem usados como formas de categorização no banco de dados, como por localização, idade, sexo, data, assunto, entre muitos outros.

Já no marketing digital a função dos metadados é para ajudar os mecanismos de busca a encontrar um determinado conteúdo com mais precisão, ou seja, ajudando no SEO do site.

O que são os metadados?

Metadados são informações complementares. “Metá” vem do grego e significa “além de” e “dados”, vem do latim “datus” que significa “algo que foi entregue.

Portanto metadados significa algo a mais, daquilo que já foi entregue.

Qual a função dos metadados?

A função dos metadados é tornar a informação mais fácil, seja para um computador ou para uma pessoa, além de melhorar a organização das informações.

Por exemplo, você tirou uma foto no seu celular, mas gostaria de saber em que dia aquela foto foi tirada.

Se você for nas informações da foto, lá terá a data, a localização, inclusive o horário em que a foto foi tirada.

Esse é um tipo de metadados. A função é complementar as informações que você já tem!

Metadados e os motores de buscas

Os metadados têm grande impacto na classificação dos sites, até porque os motores de buscas se orientam por eles para determinar qual conteúdo será mostrado para o usuário.

Atualmente todo dispositivo gera metadados, se você se cadastrar em um site, não é apenas o seu nome e senha que ficam armazenados, mas também seu número de IP, localização, informações do aparelho que está usando, entre muitos outros.

Os motores de busca não são diferentes, eles também conseguem obter alguns metadados por conta própria, entretanto, você pode modificar alguns deles, para que fiquem otimizados de acordo com o que melhor se encaixa para o seu site.

Veja abaixo algumas das mudanças que você pode fazer no metadados do seu site!

O que são metadados no SEO?

Metadados são “pedaços de informação” que descrevem o conteúdo de um site para os motores de busca do Google. Tais dados ficam invisíveis durante a leitura ou visualização, mas são incorporados ao código da página.

A maior parte dos metadados é criada a partir do código HTML, sendo utilizada pelo algoritmo do Google para ranquear seu site nos resultados de pesquisa. Sem a utilização desses “pedaços de informação”, é impossível classificar um site nas páginas de busca.

Quais são os metadados mais importantes no SEO?

Se você pretende ter um site bem indexado pelo Google, é fundamental trabalhar com três tags de metadados:

1- Title (Título)

O título de um artigo ou página é a primeira informação que o algoritmo do Google avalia para identificar o grau de relevância da informação.

Por isso, o título verdadeiro de um conteúdo deve ser colocado em uma tag de metadados.

2- Meta-description (Meta-descrição)

De modo geral, a meta-description é um pedaço de texto com 230 caracteres. Seu objetivo é fornecer ao Google e aos internautas uma breve descrição do seu conteúdo ou página. A meta-description não aparece em seu website, apenas nos resultados de pesquisa.

Uma meta-description bem escrita faz toda a diferença para os pesquisadores que estão escolhendo em qual link clicar diante de várias opções de sites.

É importante ressaltar que as páginas sem meta-description são avaliadas como inferiores pelo algoritmo do Google.

3- Meta-keyword (palavra-chave)

Há alguns anos, o Google classificava os conteúdos de uma página de acordo com as palavras-chave inseridas.

Rapidamente, alguns webmasters começaram a trabalhar com meta-keywords de forma exagerada e incoerente, utilizando palavras-chave somente para aparecer nas buscas.

Como resultado, o internauta era direcionado para conteúdos irrelevantes ou páginas que não condiziam com o tema real da busca.

Por causa disso, atualmente, o Google não considera a meta-keyword como um fator importante para a classificação de um site.

No entanto, ainda vale a pena utilizar esta tag de forma correta, pois se trata de uma ferramenta útil para a estrutura interna do seu site.

É importante frisar que a meta-keyword deve ser condizente com o conteúdo da sua página. Caso o Google perceba que este metadado está sendo utilizado para fraudar o algoritmo, seu site sofrerá punições no ranqueamento.

 

Leia também: Quer saber como usar a meta-title e meta-description corretamente, além de como alterá-la no seu site? Clique aqui e leia completo.

Por que trabalhar com metadados?

O algoritmo do Google utiliza mais de 200 fatores de classificação para ranquear sites nas pesquisas, sendo que os metadados figuram entre os mais importantes.

Ou seja: ignorar esses “pedaços de informação invisível” é extremamente prejudicial para o ranqueamento do seu site nas páginas de pesquisa.

Além disso, os metadados podem ajudar a aumentar o tráfego do seu site, já que o internauta escolherá o link conforme a qualidade do seu título e meta-description.

Para garantir que sua página seja bem ranqueada com um trabalho completo de SEO, entre em contato com a nossa equipe!