Atrair e converter clientes por meio de conteúdos relevantes é a principal missão do Inbound Marketing. Trata-se de um conjunto de estratégias com potencial para alavancar as vendas e integrar as empresas a uma nova realidade de consumo de informações online.

Ao contrário do que ocorre no Marketing tradicional, no Inbound Marketing a empresa não vai atrás dos clientes com ofertas de produtos ou serviços. Ela explora diferentes canais para ser encontrada pelos consumidores e potenciais consumidores, como blogs, redes sociais e otimização para mecanismos de buscas.

O conceito de Inbound Marketing nasceu oficialmente nos Estados Unidos, e começou a se tornar popular à partir de meados de 2009. De lá para cá, as estratégias vem sendo cada vez mais usadas para ajudar as empresas a conquistarem mais clientes, gerar mais vendas e reforçar a autoridade das marcas sobre determinados assuntos, impressionando a audiência.

Inbound Marketing, em uma tradução livre do inglês, significa Marketing de Atração. O nome está diretamente relacionado à principal diferença entre o marketing tradicional e o Outbound Marketing, que é justamente o fato de que a empresa atrai o cliente, que a procura interessado em seus serviços, e não o contrário.

Para isso, são realizada ações que tem o principal objetivo de conquistar o potencial consumidor, atraindo para o consumo de conteúdos no blog o site da empresa. Essa atração inicia um relacionamento cada vez mais próximo entre o empreendimento e o possível cliente, por meio de conteúdos personalizados e autorais.

Os materiais são criados sempre visando educar a audiência e potenciais clientes sobre o segmento em que a empresa se insere. Assim, eles ajudam a empresa e se mostrar como uma referência em seu mercado de atuação, o que pode influenciar positivamente na decisão de compra de futuros clientes.

Para que serve o Inbound Marketing?

O mundo virtual e o mundo real estão mais próximos, pois as pessoas estão cada dia mais conectadas, principalmente com a popularidade e a facilidade de acesso a dispositivos móveis, como os smartphones.

Nesse contexto, é fundamental que as empresas implementam o método do Inbound Marketing, com adaptações para o segmento e público a que se dirigem. Os conteúdos podem mesclar entretenimento e informações úteis, sempre de acordo com as necessidades e desejos da audiência, reforçando positivamente a marca.

Isso é resultado, principalmente, do fato de que todas as ações e resultados das ações de Inbound Marketing podem ser mensuradas, já que as plataformas e ferramentas de automação permitem o conhecimento de dados como quantas pessoas visualizaram as postagens no blog, quantas assinaram newsletter ou comparam em cada campanha realizada.

Portanto, o conhecimento sobre as principais ações de Inbound Marketing e, especialmente, o funcionamento de cada uma, permite a otimização de campanhas para melhorar o ROI (Retorno sobre Investimento).

De uma maneira geral, pode-se dizer que as empresas mais inovadoras de diferentes setores de mercado estão investindo em Inbound Marketing visando:

  • Aumentar a visibilidade do seu negócio;
  • Diminuir o custo de aquisição de clientes;
  • Atrair mais clientes em potencial;
  • Gerar conteúdos que valorizam as experiências com a marca;
  • Otimizar os processos de vendas, em e-commerces ou lojas físicas.

Porque investir em Inbound Marketing para a divulgação da empresa?

As ações de Inbound Marketing são extremamente vantajosas para as empresas e capazes de agregar muitos resultados positivos. A aplicação da metodologia se torna cada vez mais popular principalmente por conta do seu custo, que pode ser até 62% mais barato do que ações de marketing tradicionais (como propagandas em rádios, televisão, jornais ou revistas, por exemplo).

Atualmente, com o mercado cada vez mais competitivo, em que as empresas disputam por consumidores oferecendo produtos ou serviços que muitas vezes são bastante similares aos de seus concorrentes, o Inbound Marketing se mostra um grande diferencial.

Com as estratégias, é possível vender os mais diferentes produtos e serviços, como consultoria em comunicação visual corporativa, para exemplificar.

Isso é possível devido ao fato de que, atualmente, as pessoas já estão acostumadas a buscarem na internet as soluções para os seus problemas, desde os mais corriqueiros até o mais sérios. Elas utilizam o principal mecanismo de buscas para isso, mas também leem blogs, acessam e-mails, estão nas redes sociais e navegam de diferentes tipos de dispositivos.

Ao garantir a presença no universo online, com materiais informativos, únicos e de qualidade, a empresa especializada em limpeza de fachada, por exemplo, consegue construir uma boa imagem. Ao passo que ganha autoridade sobre o assunto, ela se destaca e podem atingir mais clientes do que as concorrentes.

Etapas do Inbound Marketing

O Inbound Marketing segue uma sequência lógica que está baseada em etapas, essenciais para garantir o sucesso da estratégia. São elas: atrair, converter, relacionar, vender e analisar.

Atrair

No Inbound Marketing, um site precisa ter visitas para gerar potenciais compradores para os produtos. Sem eles, as vendas não acontecem e a estratégia perde a razão de existir. Por isso, a atração é a primeira etapa.

Ao invés de investir na procura por pessoas que possam se interessar pelos seus serviços, as empresas de consultoria jurídica online, para exemplificar, podem construir uma plataforma digna da atenção do seu público-alvo. Assim elas conseguem atrair pessoas que, por espontânea vontade, demonstraram interesse pelo mercado em que o negócio se insere.

O resultado é uma audiência mais engajada com as causas da marca e mais propensa a continuar na jornada de compras. Isso pode ser feito por meio de:

  • Blogs, com planejamento e conteúdos de qualidade;
  • Estratégias para bom posicionamento nos mecanismos de buscas (SEO);
  • Anúncios ou links patrocinados;
  • Relacionamento pelas redes sociais, divulgando conteúdos e atraindo visitantes.

Converter

A etapa de conversão é importante para que o visitante do site se transforme em lead, ou potencial comprador. Geralmente, ele passa suas informações pessoais em troca de recompensas ou benefícios, que podem ser o acesso a um material rico com conteúdo informativo sobre como contratar um motorista executivo bilíngue, por exemplo.

A vantagem do Inbound Marketing está, não só em ter um site com bastante visitas, mas também em conseguir converter esses visitantes em contatos interessantes de negócio. As principais formas de fazer isso são por meio de: Ofertas diretas dos produtos ou indiretas, de materiais para conversão; landing pages, criadas especialmente para a conversão de leads; e CRO (que pode ser traduzido livremente como otimização de conversão). 

O último ítem está relacionado à condução do potencial cliente de locação de impressora para eventos, para exemplificar, para a conversão em lead. Isso pode ocorrer por meio de copywritting, com um texto elaborado com argumentação precisa, dentre outras estratégias.

Relacionar

Não é preciso ser um especialista em vendas para saber que nem todos os clientes em potencial se encontram no momento certo para finalizar as compras. A chamada jornada de compras é formada por etapas bem definidas, que devem ser respeitadas no Inbound Marketing, para que as estratégias não tenham um efeito contrário.

A criação de um relacionamento com os clientes, por meio dos conteúdos informativos elaborados pela escola que oferece Curso de pilates em São Paulo, por exemplo, é importante para respeitar e continuar incentivando os alunos em potencial que podem não estar totalmente prontos para optar por iniciar os estudos.

Pesquisas apontam que apenas 3% do público de uma empresa pode estar interessado diretamente em uma solução para o seu problema, na etapa de decisão de compra.

De uma maneira geral, o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo permitem a produção de materiais focados em diferentes problemas da audiência, em distintos estágios de compra, atraindo potenciais clientes em diversas etapas da jornada de compras.

Algumas estratégias de Inbound permitem até mesmo a identificação dos estágios em que os leads se encontram, o que é importante para que a loja de acessorios para piscina, para exemplificar, contribua com conteúdos adequados para os seus potenciais consumidores. 

Dentre elas, é válido ressaltar: e-mail marketing, com segmentação de campanhas e baixo custo; automação de marketing, melhorando gestão de conteúdos e segmentação; e nutrição de leads, com plano para orientar e educar a audiência sobre o mercado em que a empresa se insere.

Vender

Todo o trabalho de geração e nutrição de leads, potenciais compradores, visa produzir mais oportunidades de negócio para as empresas. No caso dos e-commerces, isso pode ocorrer dentro do próprio site da locação de call center, por exemplo, e em outros casos as equipes de vendas podem entrar em contato com os interessados.

De uma maneira geral, quanto mais complexo ou caro for o produto oferecido, maior tende a ser o processo de vendas, que também demanda mais conteúdos de Inbound Marketing.

Analisar

A possibilidade de mensurar resultados e analisar os erros e acertos das ações é uma das grandes vantagens do Marketing Digital. Assim, é possível comprovar a eficiência das ações de Inbound Marketing, medir o retorno dos seus investimentos, e descobrir melhorias para alcançar resultados mais efetivos, se for o caso.

As reações podem ser monitoradas nos sites, blogs, posts e campanhas, o que torna o trabalho dos profissionais envolvidos nas estratégias muito mais inteligente e pautado nos resultados. 

Conclusão

O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias bastante recentes, mas que já se mostram peças chave para o sucesso de empresas de diversos segmentos e dimensões. 

A tendência é que as técnicas e ferramentas também evoluam a cada dia, assim como os hábitos de compra do público, sempre buscando ampliar o alcance e a notoriedade das empresas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.