É importante rastrear e fazer o redirecionamento de páginas com o erro 404 para que não ocorra uma queda no SEO do seu site.

Por isso, neste artigo vamos mostrar uma forma simples de corrigir o erro 404, e ainda redirecionar o visitante para o seu site WordPress.

O que é um erro 404?

A falha 404 é um erro no código HTTP. Isso acontece quando o servidor não consegue acessar a página que você está tentando visitar. Em palavras mais simples, aquela página não existe em seu site.

Há vários motivos que podem levar a um erro 404 a acontecer, um deles é mover a página para outra URL ou pode ser um erro do servidor. Portanto, é importante você saber escolher o melhor servidor para o seu site em WordPress.

 

O que pode causar os erros 404:

  • Erro de digitação na URL;
  • A página foi excluída;
  • O nome de domínio não existe mais;
  • A página foi movida;
  • Um produto saiu de linha ou deixou de ser vendido;
  • Ataques de vírus e malwares;
  • Mau funcionamento do servidor.

Por que rastrear páginas com erro 404 e redirecioná-las?

O primeiro motivo é porque o Google se importa!

E se o Google leva isso em consideração, também precisamos levar. Precisamos agradar os motores de busca, senão, nosso site fica escondido lá na segunda página do Google e sabemos que ninguém vai lá.

Outro motivo muito relevante é a experiência do usuário. Se o usuário não consegue encontrar a página que ele está tentando acessar, ele vai procurar no concorrente, e ainda vai achar que seu site não é de confiança. Esse tipo de situação pode diminuir a credibilidade e a audiência do seu site.

E não podemos esquecer que uma página mal redirecionada, pode fazer você perder os seus backlinks que você demorou tanto para construir.

Exatamente por isso que estamos te aconselhando a consertar páginas com o erro 404.

Como rastrear páginas com o erro 404 no WordPress

Vamos ao primeiro passo: rastrear as páginas que contém o erro 404. Há diversas formas de fazer o rastreamento de páginas corrompidas.

Aqui estão algumas delas que podem ser utilizadas:

Broken Link Checker – é um plugin do WordPress que identifica quais links estão corrompidos no seu site.

Dead Link Checker – é um site que faz uma lista completa de páginas que contém links quebrados.

Google Search Console – A própria ferramenta do Google descobre todas as páginas com o erro 404.

 

Como redirecionar páginas com o erro 404 no WordPress

Depois de rastrear as páginas que contém os links corrompidos do seu site WordPress, está na hora de fazer o redireciomento das URLs, substituir esses links corrompidos, por outros que estejam funcionando perfeitamente.

Caso tenha sido encontrado um problema em um link externo, basta apenas trocá-lo por um que esteja funcionando. Se o problema for um link interno, devido a mudanças de URL ou páginas movidas, você vai precisar fazer um redirecionamento 301.

O que é um redirecionamento 301?

O redirecionamento 301 é uma forma de comunicação com o servidor. Essa função diz ao servidor que ele deve redirecionar o usuário para um link ou página que esteja funcionando e que foi previamente programada por você. Essa transferência vai acontecer de forma automática, sem a possibilidade do visitante cair em um erro 404.

O Redirect 301 é próprio para páginas não encontradas, migração de sites ou quando você mudou o padrão das URLs. Esse é o caminho mais utilizado para quem quer evitar conteúdo duplicado em URLs e o Erro 404.

Esse tipo de ferramenta faz transferência, também, de uma grande parte da autoridade da página antiga para a página nova, já que faz o redirecionamento de forma automática, dessa forma, evita a queda do seu posicionamento nos fatores de ranqueamento do Google.

 

Formas de fazer um redirecionamento 301 no WordPress:

  • Redirection (Plugin do WordPress);
  • Quick Page/Post Redirect Plugin (Plugin do WordPress);
  • Simple 301 Redirects (Plugin do WordPress);
  • Safe Redirect Manager (Plugin do WordPress);
  • Yoast SEO Premium (Plugin do WordPress);
  • All in One SEO (AIOSEO) Premium (Plugin do WordPress);
  • PHP;
  • Htaccess.

Como visto, você pode fazer o redirecionamento 301 de diversas formas. É possível fazer isso facilmente usando plugins, principalmente se você utiliza o CMS do WordPress.

Utilizando o plugin Redirection para monitorar erro 404

Como esse é o plugin mais utilizado para consertar e principalmente acompanhar erros 404, vamos dar um pequeno tutorial de como utilizá-lo.

OBS: O plugin apenas apresenta os registros de páginas com o erro 404, a partir do momento que você ativou o plugin. De início, a página de log estará vazia, mas você pode utilizar as opções de rastreio que mencionamos acima, e utilizar o plugin Redirection para consertar os links corrompidos.

 

Passo a passo do plugin Redirection:

Instale e ative o plugin.

Vá em Ferramenta > Redirecionamento. Role a página até a opção: Iniciar configuração.

 

Passo 2 - Plugin Redirection

 

O plugin mostrará algumas perguntas. Se você gostaria de monitorar os permalinks, os erros 404 e se deseja manter o registro de redirecionamento no WordPress. Selecione essas duas opções e clique no botão: Continuar a configuração.

O Plugin começará a testar o status do Rest API. Quando o status aparecer como ‘bom’, você pode clicar em: Concluir a configuração.

Agora você pode adicionar um novo redirecionamento para as páginas com o erro 404.
Para começar, insira a URL da página que gostaria de redirecionar, na coluna da URL de origem. Em seguida selecione as opções que deseja configurar e insira a URL de destino para a página que contém o erro 404.

 

Passo 5 - Plugin Redirection

 

Mantenha selecionada a opção ‘redirecionamento’ na seção grupo e clique em ‘Adicionar redirecionamento’. Se caso você quiser fazer mais configurações no seu redirecionamento, clique no ícone da engrenagem ao lado do botão ‘Adicionar redirecionamento’.

Nas opções complementares, você pode certificar se é o redirecionamento 301 (permanente) que está sendo feito mesmo e se a ação executada é o ‘Redirecionamento para URL’.

Caso as duas estejam configuradas corretamente, o processo está pronto e você pode apertar o botão de: Concluir configuração.

Agora, sempre que alguém clicar em um link que está corrompido, ou que teve a URL trocada, o visitante do site será redirecionado para a página que você escolheu e selecionou na configuração do Plugin Redirect, ou outro plugin que você tenha escolhido.

Depois de terminado, faça o teste e veja se o redirecionamento funcionou.

 

Conclusão

É importante rastrear e consertar os erros 404 das páginas do seu site, porque além de interferir muito no SEO, pode criar uma experiência ruim para os visitantes.

Com a imagem ruim e a queda nos mecanismos de busca, o tráfego do seu site pode diminuir, e com isso, reduzir as vendas do seu comércio eletrônico.

Quando um usuário visita uma página que está fora do ar, faz parecer que seu site não tem manutenção com frequência, e assim, o usuário pode achar que a plataforma não é tão segura e acabar procurando outra.

Por isso, sempre que possível, inclua essa tarefa na hora de fazer manutenção no seu site WordPress.

 

Conseguiu solucionar seu problema? Caso tenha alguma dificuldade, deixe um comentário e tentaremos te ajudar!