E-mail marketing é algo muito fácil de ser feito, afinal todos nós sabemos mandar e-mails, certo?

Errado!

A maioria das empresas que possuem uma base de clientes com e-mail cadastrado adotam as estratégias erradas na hora de enviar um e-mail marketing para sua base. Exatamente por achar que sabe fazer tudo.

Então vou enumerar aqui, os 4 erros mais comuns e dizer como não fazer e-mail marketing, entre outras estratégias de como elaborar suas campanhas. Portanto, continue a leitura!

O que não fazer nos e-mails marketing

Existem muitas coisas que você pode fazer ao criar uma estratégia de e-mail marketing, mas acima de tudo, devemos saber o que evitar para que a gente não perca uma ótima oportunidade para conquistar o cliente.

Para isso, você precisa ficar atento a esses passos que são confortáveis, mas não são funcionais. Veja as 5 dicas abaixo de como não fazer e-mail marketing:

 

1. Enviar e-mail marketing pelo Outlook ou pelo G-mail

Talvez este seja o erro mais comum e que todos acreditam ter encontrado a fórmula mágica: Vou copiando os e-mails como “cópia oculta”. Como minha base é grande, vou enviando de 20 em 20, perco um dia para fazer este envio e está tudo certo.

Totalmente errado.

Hoje, já existem muitas ferramentas para envio de e-mail marketing e através delas você pode fazer um upload da sua base e programar os disparos.

É algo muito mais profissional, que economiza seu tempo e faz um trabalho muito melhor, com relatório de envios, taxa de abertura, taxa de clicks entre outras funcionalidades.

Regra número 1: se for fazer disparos de e-mails marketing, utilize uma ferramenta apropriada. Algumas delas são gratuitas, e para bases pequenas há boas opções de serviços com custo relativamente baixo.

Mencionaremos algumas ferramentas gratuitas para disparo de e-mail marketing, portanto, continue a leitura!

 

2. Não incluir a opção Unsubscribe

Todos nós odiamos aqueles milhares de e-mails que chegam diariamente em nossa caixa de entrada e não queremos mais receber, mas como fazer para sair dessas listas que nem sabemos como fomos parar lá, não é mesmo?

Os seus clientes podem estar pensando exatamente o mesmo da sua empresa neste exato momento.

As regras de etiqueta do bom envio de e-mail marketing incluem um ponto fundamental que é incluir a opção Unsubscribe. Dessa forma, quem não quiser mais receber seus e-mail pode ser excluído da sua lista, sem precisar clicar na opção “marcar como spam”.

Que , inclusive, pode deixar seu domínio em lista negra e todos os seus e-mails acabarem caindo nas caixas de spam.

Regra número 2: pare de enviar insistentemente e-mail para quem não quer receber. Inclua o link Unsubscribe para quem não quiser mais receber seus e-mails.

 

3. Usar Opt-in – O que isso significa?

E-mail marketing: O que isso significa opt-in?

Opt-in é algo muito simples, mas que poucas pessoas sabem como utilizá-lo.

Opt-in nada mais é que a autorização do usuário para receber seus e-mails, é construir uma base com os clientes que realmente querem receber seus e-mails, e não com aqueles e-mails “conquistados” ao longo da existência da sua empresa.

A forma mais comum de utilizar o opt-in é incluir uma caixa de seleção, ao final de um formulário com a opção “quero receber novidades da empresa”. Se o cliente não selecionar esta opção, isso significa que ele não quer receber seus e-mails, então não insista.

O que muitas companhias fazem é sair pegando milhares de e-mails e sair enviando suas mensagens, sem que as pessoas tenham ao menos solicitado receber isso. Mais uma vez, você é um forte candidato a entrar na lista de spam.

Outra forma de capturar e-mail é utilizando as landing pages, nas quais você pode oferecer algo ao seu público, em troca do preenchimento de um formulário.

Regra número 3: envie e-mails apenas para quem quiser receber suas mensagens. Inclua em seu site uma opção de opt-in e não utilize o opt-in automático.

 

4. Enviar Imagens sem links

Então para a sua estratégia de e-mail marketing você contratou um ótimo estagiário que sabe usar o Photoshop.

Essa pessoa vai desenvolver lindos cartazes, que serão colados no corpo do e-mail e enviados para 5.000 clientes cadastrados da sua base.

Errado, errado, errado, errado!

Se você está acostumado a entregar panfletos ou desenvolver artes para anúncios impressos, fique ciente que estas artes, definitivamente não são adequadas para usar no seu site e nem enviar por e-mail.

Fazendo uma comparação exagerada, seria como tentar pegar um anúncio que fez para o rádio e entregar num comercial de TV, sem imagem, apenas com o áudio e um logotipo da sua empresa.

Cada meio tem suas particularidades, e é preciso entender que a internet não trabalha com imagens estáticas e sim com conteúdo em HTML.

Portanto, não tente ficar enviando imagens coladas no corpo do e-mail ou em arquivos anexos. Não vai funcionar e seu retorno será muito baixo!

Regra número 4: na hora de criar uma arte para seus e-mails, envie mensagens em HTML, de preferência com arquivos leves e com links diferentes em cada imagem!

 

5. Não monitorar após o envio!

E-mail marketing: Não monitorar após o envio

No mundo do Marketing (não apenas online) tudo deve ser mensurado para que numa próxima ação os resultados possam ser melhores.

Com o e-mail marketing a regra é a mesma. Por isso insisto na utilização de uma plataforma para envio de suas mensagens.

Com uma ferramenta para disparos de e-mails, é possível ver quem abriu o e-mail, qual e-mail voltou, quem clicou e onde clicou.

E ainda sugiro que continue seguindo esta campanha dentro do seu site, através do Google Analytics, para ver o comportamento da visita e se sua landing page está adequada para a campanha, se gerou uma conversão e etc.

Regra número 5: Ver quem respondeu seu e-mail não é a forma correta de mensurar os resultados. Muita gente pode ligar na sua empresa ou acessar o seu site. Mensure os resultados de forma precisa utilizando ferramentas de disparos de e-mails.

 

Dicas de como fazer uma estratégia eficiente de e-mail marketing

Acima foi um texto voltado para quem já faz campanha de e-mail marketing, mas que não estava tendo resultados satisfatórios.

Nesta parte queremos mostrar para você que está começando – ou querendo aperfeiçoar suas campanhas – como fazer disparos de e-mail marketing de forma eficiente.

Antes, você precisa saber quais as opções de como utilizar o e-mail marketing. Veja algumas opções abaixo para o seu uso:

  • Prospecção e fidelização de clientes;
  • Avisos de lançamentos, produtos e promoções;
  • Conhecer o cliente;
  • Newsletter;
  • Datas especiais, eventos temáticos, Black Friday, natal, aniversários e etc.

Agora vamos às 5 dicas de como realizar uma campanha eficiente de e-mail marketing.

 

1. Faça a captação de mailing

Como mencionamos, nada de pegar e-mails aleatórios desde a fundação do site para construir seu mailing.

A melhor forma de fazer uma captação de mailing é utilizando landing pages e criando pop-ups. Qualquer conteúdo relevante pode ser uma forma de atrair a captar e-mails, como e-books, infográficos, newsletter e etc.

 

Leia também: Testes de Usabilidade para construir Landing Pages

 

2. Use uma ferramenta de disparo de e-mails

Nada de Outlook ou Gmail!

Para ajudar no processo de envio e gestão, escolha uma ferramenta para disparos de e-mails.

Uma das mais utilizadas é o MailChimp, mas existem muitas outras. Inclusive, se você já utiliza alguma ferramenta de automação de marketing, como a RD Station, Hubspot, entre outras, a opção de disparo já vem integrada.

Ferramentas gratuitas de e-mail marketing:

  • MailChimp;
  • Benchmark Email;
  • Sendinblue;
  • Thunderbird;
  • SendPulse.

 

3. Cuidado com o nome de remetente

O nome de remetente também influencia na taxa de aberturas e cliques, portanto se atente a essa questão também.

Evite usar naoresponda@seudominio.com ou contato@seudominio.com , esse tipo de remetente pode afastar o seu público de você.

Por isso, seja mais pessoal e utilize seunome@seudominio.com, para que gere empatia no público.

 

4. Defina sua estratégia de comunicação

E-mail marketing: Defina sua estratégia de comunicação

Não comece uma campanha de e-mail marketing sem antes traçar um objetivo. Defina o que você quer alcançar e qual é o público-alvo da sua campanha.

Depois disso, procure segmentar seu público por idade, sexo, localização, lead, cliente e etc. Para definir melhor essas questões, leve em consideração o resultado de campanhas anteriores.

Com o público segmentado, as chances da taxa de abertura e cliques subirem são maiores. Planeje também a periodicidade e horários dos seus e-mails para que o usuário não se sinta incomodado com a quantidade.

 

5. Escolha do design dos e-mails

Segundo análises, assim que a pessoa abre o e-mail, você tem cerca de 3 a 4 segundos para chamar a atenção dela e 60% das pessoas não rolam os emails. Portanto, o call-to-action precisa estar no começo do e-mail e destacado.

Não esqueça de seguir a dica de usar HTML e não imagens estáticas!

Lembre-se de manter um padrão assim que você se sentir satisfeito com os resultados. Para que dessa forma seus e-mails tenham uma identidade visual.

 

Leia também: Como anda o atendimento ao cliente da sua empresa

 

Conclusão sobre como elaborar uma estratégia de e-mail Marketing

E-mail marketing é uma estratégia barata e relativamente simples, mas o que ocorre é que muitas empresas utilizam de forma errada e não conseguem enxergar onde estão os problemas.

Adote as medidas corretas e garanto que os resultados serão muito melhores. Isso se chama retorno sobre investimento (ROI – Return over Investment), não é mesmo?

E aí, como você envia os e-mail marketing da sua empresa? Conta pra gente nos comentários!

 

Não sabe se sua estratégia de e-mail marketing está correta? Precisa de uma consultoria em marketing digital? Então clique aqui e envie sua dúvida!