Você quer otimizar o tempo de carregamento de um site em WordPress? Páginas com rápido tempo de carregamento melhoram a experiência do usuário, aumentam o número de Pageviews, e ajudam no SEO do WordPress. Nesta série de posts, vamos compartilhar dicas de como otimizar a velocidade de sites em WordPress, melhorando a perfomance do seu site.

Por que o tempo de carregamento é importante para seu site WordPress?

Estudos revelam que de 2000 até 2016 o tempo médio de atenção das pessoas que acessam a internet caiu de 12 segundos para 7 segundos.

E o que isso tem a ver contigo, proprietário de um site?

Que você tem menos tempo para reter a atenção do visitante, e convencê-lo a continuar navegando em suas páginas.

performance site wordpress

Diante desta realidade, percebe-se que, com apenas 1 segundo de atraso no carregamento, perde-se 7% nas conversões, 11% nas visualizações e 16% na satisfação do cliente. Baseados nestes dados, o Google, bem como outros mecanismos de busca tem penalizado sites com alto tempo de carregamento, significando piores rankings e menos acessos por busca orgânica (busca não paga/gratuita).

Resumindo, se você quer mais acessos ao seu site, melhorando suas vendas, então você deve tornar seu WordPress mais rápido.

Como Verificar a velocidade do seu site WordPress?

Um erro comum entre os usuários do WordPress é imaginar que o site está de acordo com a velocidade esperada pelo simples fato de, ao acessar, o site não aparentar estar lento. Porém, existe uma grande diferença entre:

  • O proprietário acessar o site por meio do seu endereço e com uma certa frequência no mesmo computador, e
  • Um usuário da internet localizar sua página por meio de uma palavra-chave, por exemplo. A questão de localização geográfica do usuário também interfere na velocidade do site.

O mais indicado para saber se a velocidade do seu site está correspondente ao esperado pelo Google e seu usuário, é testar a velocidade do site WordPress utilizando-se de ferramentas que podem ser gratuitas, como por exemplo o IsItWP’s WordPress speed test.

isitwp speed test

Após realizar o teste, você ficará na dúvida de qual seria um bom tempo de carregamento. Na média, menos de 2 segundos é o parâmetro para uma boa velocidade. No entanto, quanto mais rápido, melhor!

Quer mais ferramentas para testar a velocidade de carregamento do seu site em WordPress? Clique e veja mais.

O que pode deixar seu WordPress lento?

Outro ponto importante é entender o que pode retardar o tempo de carregamento de seu site. O teste de velocidade gera um relatório que oferece diversas sugestões de melhorias, mas a maioria destas sugestões são apresentadas com termos técnicos de difícil compreensão para o usuário iniciante.

Os principais motivos que deixam um site lento são:

  • Hospedagem (Web Hosting) – Quando você não utiliza uma boa hospedagem, ou há configurações incorretas, certamente seu site ficará mais lento. Para solucionar, você deve conversar com sua empresa de hospedagem, e se não melhorar, trocar de hospedagem.;
  • Configurações do WordPress – Se você não utilizar cache de maneira correta para carregar as páginas, o servidor ficará sobrecarregado, causando lentidão e erros de carregamento;
  • Tamanho da página (Peso) – na maioria dos casos, imagens muito pesadas, que poderiam ter sido exibidas com a mesma qualidade e peso infinitamente menor (mais leve);
  • Plug-ins ruins – existem milhares de plugins gratuitos para utilização. Se você utilizar um plugin com código “mal-feito” ou com bugs, isso certamente irá impactar negativamente no carregamento de suas páginas;
  • Scripts externos – recursos vindos de fontes externas como anúncios, códigos de terceiros, fontes e etc.

Importância de uma boa hospedagem WordPress

A hospedagem também é um fator importante pois muitos usuários do WordPress optam pela hospedagem compartilhada. Afinal, or preços são muito mais acessíveis. Porém, no momento desta opção é importante verificar a capacidade deste compartilhamento no que se refere a garantia de agilidade do site. Por isso, a reputação da empresa de hospedagem deve ser levada em consideração.

Existem diversas empresas que oferecem Hospedagem Otimizada para WordPress. Dê preferência para estes tipos de serviços, ou fale com sua empresa de hospedagem para ter recursos otimizados para WordPress.

Em nossa agência, utilizamos o WPENGINE e recomendamos a todos os clientes que estão dispostos a gastar um pouco mais para ter segurança e qualidade na hospedagem de seu site.

Otimizando o seu site em WordPress com facilidade (sem usar programação)

 

Instalar um plug-in de cache do WordPress

As páginas do WordPress são “dinâmicas” – isso significa que elas são criadas na hora, toda vez que alguém visita uma postagem ou página no seu website. Para que esta criação aconteça, o WordPress precisa executar um processo para localizar as informações necessárias, juntar tudo e exibi-las ao usuário. Esse processo envolve muitas etapas e pode realmente tornar o site mais lento, principalmente quando várias pessoas o visitam ao mesmo tempo.

É por isso que recomendamos que todos os sites em WordPress usar um plug-in de armazenamento em cache. Esse plug-in pode tornar seu site WordPress de duas a cinco vezes mais rápido.

Veja como funciona:

Em vez de percorrer o processo inteiro de geração de páginas todas as vezes, seu plug-in de armazenamento em cache faz uma cópia da página após o primeiro carregamento e, em seguida, exibe essa versão em cache para cada usuário subsequente.

Quando um usuário visita seu site WordPress, o servidor recupera informações de um banco de dados MySQL e seus arquivos PHP. Em seguida, ele reúne tudo em HTML e, então, mostra ao usuário.

É um processo longo, mas você pode acelerá-lo quando usar o cache.

Existem muitos plugins de cache disponíveis, mas recomendamos o uso do plugin WP Rocket (premium) ou WP Super Cache (gratuito).

Muitas empresas de hospedagem WordPress, como a Bluehost e a SiteGround, também oferecem soluções de armazenamento em cache.

Se você usa um provedor de hospedagem WordPress gerenciado, não precisa instalar o plug-in de armazenamento em cache porque, nesse caso, ele já está integrado e ativado.

Bônus: Você pode combinar plug-ins de cache com um WAF (Website Application Firewall), como CloudFlare ou Sucuri, para aumentar ainda mais o desempenho do site, bem como a segurança.

Otimizar imagens para maior velocidade

Imagens trazem vida ao conteúdo e ajudam a impulsionar o engajamento. Estudos revelam que o uso de imagens coloridas torna as pessoas 80% mais propensas a ler seu conteúdo.

No entanto, se as imagens não forem otimizadas, elas podem estar trazendo problemas ao invés de ajudar. Na realidade, imagens não otimizadas são um dos problemas de velocidade mais comuns que vemos em sites iniciantes.

Antes de enviar uma foto diretamente de seu celular ou câmera, recomendamos que você use um software de edição de fotos para otimizar suas imagens para a web.

Nos formatos originais, essas fotos podem ter tamanhos de arquivo enormes. Mas, com base no formato do arquivo de imagem e na compactação escolhida no software de edição, você pode diminuir o tamanho da imagem em até cinco vezes.

No site Lamattina Digital, usamos apenas dois formatos de imagem: JPEG e PNG.

Agora você deve estar se perguntando: qual a diferença?

O formato de imagem PNG é descompactado. Quando você compacta uma imagem, ela perde algumas informações, portanto, uma imagem descompactada terá maior qualidade e mais detalhes. A desvantagem é que é um arquivo maior e demora mais para carregar.

O JPEG, por outro lado, é um formato de arquivo compactado que reduz ligeiramente a qualidade da imagem, mas é significativamente menor em tamanho.

Qual formato escolher?

Se a imagem tiver muitas cores, então o melhor é usar JPEG.

Se for uma imagem mais simples ou transparente, o PNG é mais indicado.

Abaixo está uma tabela que mostra os tamanhos dos arquivos e as diferentes formas de compressão que poderíamos ter usado para uma imagem de exemplo.

Formato da Imagem Peso da Imagem
JPEG do Photoshop (alta qualidade) 33kb
TinyPNG Otimizado 57kb
JPEG Mini otimizado (alta qualidade) 70kb
JPEG otimizado Photoshop (máxima qualidade) 93kb
JPEG não otimizado 119kb
PNG otimizado do Photoshop 135kb
PNG não otimizado 145kb

Como você pode ver, o formato de imagem que você usa pode fazer uma grande diferença no desempenho do site.

Melhores práticas para otimização do desempenho do WordPress

Depois de instalar um plug-in de armazenamento em cache e otimizar suas imagens, você perceberá que seu site começará a ser carregado mais rapidamente.

Mas se você realmente quiser manter seu site carregando o mais rápido possível, use as recomendações abaixo.

As dicas a seguir não são muito técnicas, então você não precisa saber nenhum código para implementá-las, e usá-las evitará problemas comuns que podem retardar o carregamento do seu site.

Mantenha seu site WordPress atualizado

Como todo sistema de código aberto, o WordPress é atualizado com freqüência. Cada atualização não oferece apenas novos recursos, mas também corrige problemas de segurança e bugs. O tema e plugins do WordPress também podem ter atualizações regulares.

Como proprietário de um site, é sua responsabilidade mante-lo na versão mais recente, assim como o tema e os plug-ins. Não fazê-lo pode tornar seu site lento e pouco confiável, além de torná-lo vulnerável a ameaças de segurança.

Otimize os processos em segundo plano

Os processos em segundo plano no WordPress são tarefas agendadas que são executadas no plano de fundo do seu site WordPress. A seguir, alguns exemplos dessas tarefas.

  • Tarefas de plug-in de backup do WordPress
  • Trabalhos do WordPress cron para publicar posts agendados
  • Tarefas agendadas do WordPress para verificar atualizações
  • Mecanismos de pesquisa e outros rastreadores tentando buscar conteúdo

As tarefas cron para postagens e atualizações agendadas têm impacto mínimo no desempenho de um site. No entanto, outros processos que acontecem no background, como plugins de backup e rastreamento excessivo pelos mecanismos de pesquisa, podem tornar o site mais lento.

Com os plugins de backup é preciso ter certeza de que ele só é executado durante o período de baixo tráfego em seu site. Você também precisa ajustar a frequência e os dados que precisam de backup.

Se, por exemplo, você estiver criando um backup diário completo enquanto publica apenas um novo conteúdo duas vezes por semana, precisará ajustá-lo.

Se você deseja fazer backups mais frequentes, como backups em tempo real, recomendamos usar uma solução SaaS para não sobrecarregar seu servidor.

Quanto ao rastreamento, você precisa ficar de olho nos relatórios no console da Pesquisa do Google. Os rastreamentos frequentes que estão acabando em erros podem causar lentidão no site ou deixar de responder.

Por padrão, o WordPress exibe o conteúdo completo de cada artigo em sua página inicial e nos arquivos. Isso significa que sua página inicial, categorias, tags e outras páginas de arquivo serão carregadas mais lentamente. Outra desvantagem de exibir artigos completos nessas páginas é que os usuários não sentem a necessidade de visitar o artigo real.

Isso pode reduzir as visualizações da sua página e o tempo que seus usuários passam no site.

Para acelerar os tempos de carregamento de páginas de arquivo, você pode configurar seu site para exibir trechos em vez do conteúdo completo.

Para isso vá para Configurações »Leitura e selecionar “Para cada artigo em um feed, mostrar: Resumo” em vez de “Texto Completo “.

Dividir comentários dos posts em páginas

Anda obtendo muitos comentários em seus posts? Parabéns! Esse é um ótimo indicador de um público engajado. Mas a desvantagem é que carregar todos esses comentários pode afetar a velocidade do seu site.

O WordPress vem com uma solução para isso. Basta ir em Configurações »Discussão e marque a caixa ao lado da opção “Quebrar comentários em páginas “.

 Use uma rede de entrega de conteúdo (CDN)

Usuários em diferentes localizações geográficas podem ter diferentes tempos de carregamento em seu site, porque a localização de seus servidores de hospedagem na Web pode afetar a velocidade do seu site.

Por exemplo, digamos que sua empresa de hospedagem tenha seus servidores nos Estados Unidos. Um visitante que também esteja nos Estados Unidos geralmente verá tempos de carregamento mais rápidos do que um visitante na Índia.

O uso de uma Content Delivery Network (CDN) pode ajudar a acelerar o tempo de carregamento de todos os seus visitantes.

O CDN é uma rede composta de servidores em todo o mundo. Cada servidor armazenará arquivos “estáticos” usados ​​para compor seu site.

Esses arquivos estáticos incluem arquivos imutáveis, como imagens, CSS e JavaScript, ao contrário das páginas do WordPress que são “dinâmicas”.

Quando você usa um CDN, toda vez que um usuário visita seu site ele recebe esses arquivos estáticos do servidor que estiver mais próximo. Seu próprio servidor de hospedagem também ficará mais rápido, já que o CDN estará fazendo a maior parte do trabalho.

Nós recomendamos usar o StackPath CDN. Estamos usando o MaxCDN em todos os nossos sites, que agora também fazem parte do StackPath.

Ele funciona bem com os sites do WordPress e complementa seus plug-ins de cache existentes para tempos de carregamento ainda mais rápidos.

Não carregue arquivos de áudio / vídeo diretamente no WordPress

Você pode enviar arquivos de áudio e vídeo diretamente para o seu site WordPress, e ele irá exibi-los automaticamente em um player HTML5…

Mas você nunca deve fazer isso!

Hospedar áudio e vídeos custará largura de banda. Além disso sua empresa de hospedagem pode cobrar taxas adicionais ou podem até mesmo cancelar o seu site, mesmo que o seu plano inclua largura de banda “ilimitada”.

A hospedagem de grandes arquivos de mídia também aumenta enormemente os tamanhos de backup e dificulta a restauração do WordPress a partir do backup.

Em vez disso, você deve usar um serviço de hospedagem de áudio e vídeo, como YouTube, Vimeo, DailyMotion, SoundCloud, etc., e deixá-los fazer este trabalho. Eles têm largura de banda para isso!

O WordPress tem um recurso de incorporação de vídeo que faz com que para que você possa copiar e colar o URL do seu vídeo diretamente em sua postagem  para que ele seja incorporado automaticamente.

Se você estiver criando um site de podcast com o WordPress, recomendamos o serviço de hospedagem de podcasts Blubrry.

 Use um tema WordPress otimizado para velocidade

Ao selecionar um tema WordPress para seu site é importante prestar atenção especial à otimização de velocidade. Alguns temas que parecem bonitos são, na verdade, mal codificados e podem tornar o site mais lento.

Geralmente, é melhor usar um tema mais simples do que escolher um que tenha layouts complexos, animações chamativas e outros recursos desnecessários. Você sempre pode adicionar esses recursos usando plugins WordPress de qualidade (mas cuidado para não “lotar” seu site de plugins).

Lojas premium de temas WordPress como o Themeforest oferecem temas que são bem codificados e otimizados para velocidade.

Use plugins mais rápidos

Plugins WordPress mal codificados, muitas vezes atrasam a velocidade de carregamento do seu site.

Para ajudar a escolher os melhores plugins, damos especial atenção à facilidade de uso, experiência do usuário e, principalmente, desempenho.

Além das nossas recomendações, você pode executar seus próprios testes. Basta executar testes de velocidade antes e depois de instalar um plug-in para comparar seu impacto no desempenho.

A velocidade é fundamental para a otimização do seu site. Com as informações apresentadas neste post, torna-se possível melhorar o desemprenho do seu site. A velocidade do site aliada às técnicas de SEO colocam seu site nas melhores posições de ranqueamento do Google e outros buscadores. Acompanhe nossos posts e obtenha mais informações para aumentar a velocidade e o desempenho do seu site.