Antes de começar o projeto de um site, as agências de marketing digital devem entender a mente de seus clientes. Precisam ter a clara noção do que eles precisam para que possam entregar a melhor solução de acordo com as expectativas. No entanto, a diferença entre Agências bem-sucedidas e os projetos que fracassam, é que as primeiras fazem certas perguntas que as outras nem pensaram na possiblidade. Isso ajuda a gerar insights que irão auxiliar no design de websites, que trarão melhores resultados aos clientes.

Vamos então as 7 questões que os webdesigners fazem aos seus clientes, para um projeto de qualidade:

1. Quais os objetivos do seu negócio, a missão e os valores da sua empresa?

Com essa questão, a agência tenta entender aonde o negócio de seu cliente quer chegar. Entendendo estes objetivos, você saberá como o empresário vê seus negócios daqui alguns anos. Além de cerscer financeiramente, quais serão outras metas – maior reconhecimento do mercado? Entrar em novos mercados ainda não explorados? Aumentar lealdade da base de clientes? Ou qualquer outras coisa.

Você precisará entender os valores éticos e a imagem que esta empresa pretende transmitir ao mercado e aos clientes. Em relação a missão, você precisará entender qual propósito específico da marca.

2. Você quer que seu website atinja os mesmo objetivos e transmita os mesmos valores?

O site é a identidade online da empresa de seu cliente, e na maioria das vezes, ele que quer que projete os mesmos valores e objetivos da marca. No entanto, algumas vezes preferem ter uma abordagem diferente. Alguns querem que seu antigo negócio tenha uma aparência mais contemporânea e atinja audiências mais jovens; outros querem fazer um reposicionamento de marca, e assim por diante. Fazendo essa pergunta, você irá se certificar do que seu cliente deseja para o site em questão.

3. A que público este site é direcionado? Quem é seu consumidor?

o site irá atingir uma audiência específica, que serão potenciais clientes da empresa. Mas, quem são eles exatamente? Qual a faixa etária? Classe social? Interesses e preferências? Por quê seu cliente acha que o produto/serviço será utilizado/comprado por este público? Quer atingir este público específico ou quer uma alcance mais amplo da audiência?

O sucesso ou fracasso de um site está diretamente ligado a possibilidade de identificar a audiência e desenvolver algo de acordo com as necessidades do público. Mas, para saber estas necessidades, primeiro é preciso saber características demográficas e comportamentais. E não há ninguém melhor que o seu cliente para lhe dizer isto.

4. Quais serão os indicadores de sucesso deste site?

Como seu cliente irá julgar se o projeto foi bem ou mal sucedido? Essa é uma pergunta muito importante, e irá direcionar as decisões em relação ao design. Portanto, se o indicador de sucesso for a quantidade de pedidos de orçamento, você deverá focar na utilização de call-to-action de modo persuasivo, para que os visitantes solicitem essa proposta. Porém, se o cliente estiver preocupado com as vendas, você deverá focar nos fatores que irão convencer o visitante a realizar uma compra neste site.

5. Você possui alguma preferência no Design?

Se você estiver trabalhando com um cliente que coloca as mãos na massa, ele terá suas própria idéias de como imagina este projeto. Estes são os melhores clientes, pois sabem o que estão buscando e ajudam muito na execução. O problema são os “clientes confusos. Estes não têm idéia do que estão buscando, mas querem as últimas tendências do mercado. Eles querem que aplique tudo que leram em blogs de tendências e um pouco mais. Parece até brincadeira, mas não é.

Esta pergunta é o pontapé inicial para entender o que o cliente deseja e explicar qual a melhor abordagem para o site. Você deverá estar apto a explicar, porque um determinado approach será bom para seu projeto, e outras opções não irão funcionar. Você e seu cliente devem estar na mesma sintonia, desde o primeiro dia.

6. Qual é a USP do site que você gostaria de promover?

Alguns sites são populares por oferecerem informações úteis e confiáveis aos visitantes, outros por oferecerem novidades de um determinado nicho e outros por entregarem os melhores serviços em determinadas áreas. Um site, assim como uma marca, não funciona sem uma USP; esta unique selling proposition será o motivo pelo qual as pessoas visitarão o site. Como designer, você não deverá decidir o USP do site. É o dono do projeto (o cliente) que deve decidir isso. Portanto, antes de começar, tenha certeza que você está utilizando o USP correto, o qual o cliente deseja promover ao mercado.

7. Com que freqüência você quer saber do andamento do projeto?

Já me deparei com clientes que querem saber do andamento do projeto diariamente. Isso não necessariamente é algo bom ou ruim, mas pode te tirar do sério se você não estiver preparado para alguém te cobrando todos os dias. Portanto, faça esta pergunta e defina um canal de comunicação p[ara que seu cliente esteja sempre atualizado sobre o status do projeto e não tenha surpresas.

Estas são sete questões que irão auxilia-lo a entender melhor seus clientes e também ter uma visão clara de suas expectativas. Ao final do dia, você sempre terá um cliente satisfeito e isso não tem preço.