Alguma vez já teve a sensação de que não importa quanto esforço esteja fazendo ou quanto investe em suas campanhas, mas os resultados não são tão bons quanto você esperava? Não se preocupe, você não está sozinho!

A solução não é investir mais dinheiro. Gastar mais, significa que irá perder mais dinheiro com seu site.

 

Então, qual a solução?

 

Gostaria muito de ter a resposta correta, mas cada negócio possui suas particularidades e seus problemas de Marketing. O que posso passar, são 7 passos para que possa tentar ajustar sua estratégia e seu conteúdo.

Passo #1: Conte sua História

 

Sua história não precisa ser longa e complexa. Você pode contar em apenas alguns parágrafos ou algumas frases.

 

Um dos maiores erros de marketing é não contar o que sua empresa faz de maneira objetiva. Se seus visitantes não entendem sua proposta de valor, simplesmente não irão comprar e nem ao menos avisa-lo que não entenderam.

Você pode corrigir isso através de vídeos explicativos, imagens, infográficos ou texto. Não existe uma fórmula correta. O importante é que os visitantes te entendam e encontrem valor na sua proposta.

Se não consegue encontrar uma forma, faça uma pesquisa com alguns de seus clientes e pergunte:

Como você descreveria “nome da sua empresa” para um amigo ou parceiro de negócios?

Isso deve ajuda-lo a levantar algumas idéias.

Passo #2: Dê tempo para que as pessoas comprem

 

Quando alguém visita seu site, o que você pretende? Vender, não é mesmo? Mas é importante aprender o momento certo de vender para o seu cliente.

Há 3 grupos principais de visitantes para o seu site:

 

  1. Compradores – pessoas interessadas em comprar seu produto.
  2. Window shoppers – pessoas que estão olhando, mas apenas por curiosidade.
  3. Consumidores Potenciais– pessoas que querem saber mais sobre seu produto, mas ainda não estão prontos para efetuar uma compra.

 

Lidar com o primeiro grupo é fácil, no entanto, a maioria dos visitantes estará no segundo ou terceiro grupo.

O que fazer nestes casos?

Você deve considerar o processo de compra como um ciclo. A maneira mais fácil é começar a coletar e-mails e convida-los a voltar ao seu site em outro momento. Empresas de E-commerce costumam oferecer cupons de desconto, em troca de seu e-mails. Algumas empresas B2B oferecem informativos ou pesquisas de grande valor.

Dica: Não desista no primeiro e-mail enviado. Geralmente você precisará enviar, no mínimo 7 e-mails até converter uma venda. E isso não significa 7 e-mails no mesmo dia dizendo “compre!”. Veja aqui algumas dicas para melhorar sua estratégia de e-mail marketing.

Além dos e-mails, você pode considerar fazer remarketing. Afinal, o que é isso? Significa que quando alguém visita seu site, você insere um Cookie em seu navegador. Dessa forma, quando esta pessoa estiver navegando na internet, encontrará seus anúncios, quer seja no Facebook, Google, ou qualquer outro site que suporte esta tecnologia. Nunca se deparou com a seguinte situação? Você procura por um calçado, roupa, livro, etc e desiste da compra. Depois disso você se encontra perseguido por este produto, não importa o site que esteja? Isso é Remarketing. e Funciona!!!

Passo #3: Não esqueça o Call to Action

 

Apesar de parecer simples, é um ponto que a maioria dos sites falham ao desenvolver.Veja algumas dicas para melhorar seu botão de Call to Action:

  1. Texto do Botão – Algumas vezes apenas trocar o texto de dentro do botão pode aumentar muito a taxa de cliques.
  2. Cor dos Botões – SAP aumentou a taxa de conversão em 32% apenas trocando as cores dos botões para laranja.
  3. Posição – Tente diferentes posições. Cada site terá um comportamento diferente dos visitantes.
  4. Design – Elementos que transmitam credibilidade, como selos de segurança, próximos aos botões podem aumentar muito a taxa de conversão.
  5. Tempo – Incluir muitos botões com pouco texto podem tirar a atenção dos visitantes. Você deve tentar diferentes momentos e ver qual funciona melhor.
  6. Seja Criativo – O call to action pode ser qualquer coisa… não precisam ser apenas botões nas páginas.
  7. Use psicologia– Ramit Sethi Testou um conceito interessante: consegui aumentar os cliques com a frase: “não clique aqui”
  8. Efeitos – Ter um botão que dê “scroll” com página pode ser muito eficiente.
  9. Espaços Brancos – Espaços sem conteúdo ajudam a “leitura a respirar” e dão destaque aos botões, aumentando a taxa de cliques. Nada de amontoados de informações.
  10. No call to action – remover os call to actions e dizer “produto esgotado” pode aumentar muito o interesse. Isso funcionou para algumas empresas.

Passo #4: Otimize para seu negócio, e não apenas visando ROI

 

Pense no valor que seu consumidor pode te trazer ao longo de sua vida. Por exemplo, se a Amazon sabe que um consumidor compra 30 vezes, em média, ao longo de 3 anos, eles estarão dispostos a perder dinheiro em uma primeira venda, pois sabem que irão lucrar ao longo do tempo.

 

Investir em Publicidade Online, como AdWords não é barato, e os custos só irão aumentar ao longo do tempo. Ao invés de otimizar pensando no retorno imediato, pense no valor ao longo do ciclo de vida. Isso irá permitir que gaste mais com comunicação ao longo do tempo, até atingir o nível das grande companhias.

Perder dinheiro não é um grande problema no começo, contanto que recupere ao longo do tempo e feche a conta com lucro. Lembre-se: sua pior campanha de marketing, será sempre a primeira. Ou então existe algo de errado!

Passo #5: Otimize para Conversões

 

Como mencionado anteriormente, os custos de publicidade online continuarão subindo ao longo do tempo, como é o caso dos Links Patrocinados. Ainda assim, profissionais de marketing continuam focando esforços em otimizar as campanhas, buscando reduzir os custos e aumentar o retorno.

Mesmo com estes ajustes que todos devem fazer, isso é uma batalha perdida. No final, os veículos como Google e Bing controlam os custos e se eles decidirem aumentar, eles irão… não importa o que você faça!

Portanto, ao invés de gastar todo seu tempo ajustando campanhas, invista % do seu tempo melhorando suas taxas de conversão. Um aumento em 50% na taxa de conversão de uma página, significa que você reduziu pela metade o custo de aquisição de um cliente. Essa é a melhor forma de combater o constante aumento com gastos em publicidade.

 

Passo #6: Pare de procurar pela Silver Bullet

 

Uma das perguntas mais frequentes que me costumam fazer é:

Qual é a tarefa mais importante a fazer para aumentar as vendas online?

A resposta sempre é, “não existe uma única tarefa”. “Por quê?” você pode perguntar. Não existe silver bullet no marketing. Você descobrirá que cada canal de marketing será responsável por um percentual das vendas. Isso significa que sem uma estratégia de múltiplos canais, você não irá chegar ao número que deseja.

Foque seus esforços em criar processos no qual você comece uma ação de marketing e continuamente testa ajustes para aumentar a lucratividade. Você deve sempre mensurar e aprender com cada uma de suas ações para maximizar suas chances de sucesso.

Então, faça um favor a si mesmo e pare de procurar pela Silver Bullet.

Passo #7: Deixe seu produto se vender sozinho

 

Já ouvir falar do termo growth hacking? É um novo conceito e uma forma de fazer seu negócio crescer, alavancando seu produto para conseguir novos consumidores, sem grandes investimentos em publicidade.

É o modelo que companhias como Facebook e Dropbox usam para conseguir novos usuários.

E como isso funciona? Bem, você precisa descobrir uma forma de fazer com que usuários recomendem o seu produto, encorajando novas pessoas a utilizarem.

Por exemplo, YouTube consegue maior número de visualizações encorajando os usuários a embedar os vídeos em seus sites.